17/01/2019

Comitê de Combate à Violência ao profissional da Enfermagem vai acompanhar o caso da enfermeira agredida.

O Comitê de Combate à Violência ao Profissional da Enfermagem

O Comitê de Combate à Violência ao Profissional da Enfermagem vai acompanhar o caso da enfermeira agredida em Unidade Hospitalar de Manaus.

Após tomar conhecimento dos fatos o presidente do Coren-AM, Sandro André da Silva Pinto determinou ao Comitê de Combate à Violência ao Profissional da Enfermagem o acompanhamento do caso.

Em ato contínuo, encaminhou os fatos ao Procurador Geral para realizar tratativas administrativas junto à SUSAM e a Polícia Civil, no intuito de oferecer suporte à profissional.

Em decorrência dos casos de violência contra o profissional de Enfermagem, a atual Gestão do Coren-AM, criou o comitê composto por conselheiros e colaboradores, com o objetivo de acompanhar, apurar e dar assistência aos profissionais vítimas de agressões ou violações de prerrogativas funcionais.

Atuando intensivamente a partir deste ano, na prevenção ou em casos ocorridos. Cobrando também das autoridades competentes que proporcionem a segurança devida aos profissionais.




  • BannerLateralEdimensionamento-207x117
  • banner_anaiss1-e1349203955613-207x115