23/06/2022

Coren-AM abre votação para eleger técnico ou auxiliar de enfermagem representante do Amazonas na premiação Anna Nery 2022 do Cofen

A premiação Anna Nery ocorre todos os anos durante o

A premiação Anna Nery ocorre todos os anos durante o Congresso Brasileiro dos Conselhos de enfermagem – CBCENF, e em sua 24° edição, os profissionais homenageados com essa honraria serão técnicos/auxiliares de enfermagem que se destacaram em sua atuação durante o exercício da profissão.

Pensando nisso, o Coren-AM disponibilizou no dia 13 de junho um formulário para indicações, foram mais de 500 indicações, todas foram verificadas e foram validadas somente aquelas que estavam de acordo com os critérios estabelecidos pelas resoluções do Cofen n°482/2015, n°601/2019 e n°2021 e estão destacadas na publicação oficial da votação no site www.corenam.gov.br , os nomes indicados estão apresentados abaixo e disponíveis para votação no link https://bit.ly/votacaoannanery queremos saber quem destes profissionais você quer que seja o indicado ao Prêmio Anna Nery 2022 do COFEN.

A votação se estenderá até esta sexta-feira, 24 de junho às 17h. Após o encerramento da votação será feito o levantamento do quantitativo de votos, e os nomes mais votados, serão apresentados ao plenário do Coren-AM, que definirá o(a) profissional escolhido(a) de acordo o contexto histórico do profissional em relação aos serviços prestados à enfermagem amazonense, a relevância e contribuição para o desenvolvimento da categoria no Amazonas, e claro sempre atendendo aos critérios estabelecidos pelas resoluções citadas acima. Após a análise do plenário do Coren-AM em reunião oficial, o nome escolhido será divulgado até a segunda quinzena do mês de agosto.

 

Simone Olímpia de Souza Paulo – Técnica de enfermagem

“Me descobri nessa área, a adrenalina do plantão, a sensação de dever cumprido recompensa toda luta diária, cansaço, e as muitas vezes que troquei a minha vida pela vida do outro, tenho absoluta certeza de que estou exatamente onde quero estar”.

 

Maria Clara Leal Pereira – Técnica de Enfermagem

 

Francineide Pereira de Almeida – Técnica de Enfermagem

 

Paulo Paes da Silva – Técnico de Enfermagem

“Atuo há mais de 19 anos na área e já trabalhei em unidades do interior e da capital do Amazonas, durante a pandemia fui deslocado da minha unidade para dar suporte na linha de frente contra o COVID-19, participo ativamente de movimentos que visam o respeito e a valorização do profissional de enfermagem”

 

Larissa do Nascimento Rodrigues – Técnica de Enfermagem

 

Wilka Jullya Dis Pereira – Técnica de Enfermagem

 

Reuda da Silva Sarmento – Técnica de Enfermagem 

“Sou técnica de Enfermagem há 13 anos, posso dizer que em meio a guerra contra a Covid-19 não medi esforços para execução das práticas de enfermagem em imunização contra o vírus. Desenvolvendo-as com ética e humanização, mesmo sendo uma jornada de trabalho exaustiva e desafiadora, fiquei feliz e realizada quando via a emoção sentida pelo usuário quando era aplicada a vacina, pois se tornava uma nova esperança de vida”

 

Marcelle Larissa de Lima Corrêa – Técnica de Enfermagem

“Atuei como voluntária na Comissão de curativos e como profissional de enfermagem nos setores de CCO,CMO, Posto de medicação, UTI, Politrauma e Sala de Reanimação em uma instituições de saúde da capital, dedico-me a cuidar daqueles que mais precisam, auxiliando em todos os setores necessários, oferecendo qualidade na assistência aos pacientes”

 

Klimber Leandro dos Santos – Técnico de Enfermagem

“Decidi entrar na enfermagem por causa da minha família, para ajudá-los, surgiram diversas dificuldades para me fazer desistir mas eu consegui chegar até aqui, atuei na linha de frente da segunda onda de COVID na capital e ajudei a salvar muitas vidas, o que me incentivou a continuar na área até hoje”.

 

Alex Pereira de Almeida – Técnico de Enfermagem

“escolhi a área da saúde porque minha família é do interior do Amazonas e nós vivenciamos as dificuldades no atendimento ao povo ribeirinho. Levo a sério o juramento que eu fiz, em Salvar Vidas. Na pandemia fui o 1° técnico de enfermagem a resgatar um paciente com covid – 19 no interior, onde tudo era novo, sem preparos e estudos para lhe dar com tal doença, mas meus colegas e eu não desistimos, muitos ficaram pelo caminho, outros seguiram em frente com o pensamento que um dia tudo ia passar. Ser técnico de enfermagem não é fácil, pois é um trabalho árduo, mas gratificante, que nos permite ajudar o próximo.”

 

Paloma Nunes Picanço – Técnica de Enfermagem

“Devido a um valor pessoal, minha maior dedicação é na assistência aos Recém nascidos prematuros. E reconheço que diante de tantas vidas que a minha assistência já salvou, mesmo com todas as dificuldades, me sinto realizada não só no âmbito profissional, mas também no pessoal. Minha maior motivação para seguir esta área, é a empatia. O desejo de cuidar do outro, assim como eu fui cuidada e amada pela enfermagem, quando foi a minha vez de ser paciente. Acredito que a assistência humanizada pode ser cada vez melhor”

 

Diego Norberto dos Santos – Técnico de Enfermagem

“A enfermagem marcou minha vida através da minha família. A pessoa que cuidamos é o amor de alguém e quando assistimos com excelência voltará para o seio familiar novamente e pronto para seguir firmemente sua vida social. Qualidade assistencial, excelência nas atividades e trabalho em equipe são atributos que tenho em meus propósitos, tendo em mente que o benefício maior é ver o paciente estabilizado e de alta hospitalar para sua residência”

 

Rizete da Silva Menezes – Técnica de Enfermagem

“Escolhi este ofício motivada por meus pais que trabalharam na área da saúde. Eu amo minha profissão porque minha vocação é cuidar das pessoas, acolhendo com humanização e sensibilidade, de acordo com as necessidades individuais, desde uma escuta atenta e qualificada, prestando o atendimento com profissionalismo, além de preparar o ambiente de forma a proporcionar um bem-estar ao paciente”

 

Alice Kenesse de Oliveira – Técnica de Enfermagem

“Minha avó foi minha maior incentivadora a estudar Enfermagem, passei a amar essa área depois que comecei a me aprofundar nos estudos, no meio do meu curso técnico minha avó veio a falecer, e o sonho dela era me ver formada trabalhando na área, não desisti e me formei. A enfermagem me escolheu, acredito no dom de cuidar de pessoas, atender as necessidades de quem está enfermo é gratificante”

 

Erlinda Pedroso Dias – Técnica de Enfermagem

“Amo trabalhar como técnico de Enfermagem pois me sinto realizada em poder ajudar os pacientes auxiliando-os da melhor forma possível. Já atuei em diversos ramos da enfermagem e atualmente me dedico a Assistência Primária, participo ativamente de movimentos pela Valorização da nossa Classe e atuo nas lutas em benefício da enfermagem”

 

Alcione Ricelly Mota Silva – Técnica de Enfermagem

“Minha maior motivação é contribuir para a melhoria do estado de saúde do paciente, proporcionando um atendimento acolhedor e humanizado, dedico minha profissão a cuidar da saúde física e mental dos pacientes realizando procedimentos dentro da ética profissional e respeitando todas as fases de recuperação de um indivíduo, pois todos são o amor e o parente querido de alguém. Existe cuidado sem cura, mas não existe cura sem cuidado”

 

Raymunda Ribeiro dos Santos – Técnica de Enfermagem

“Fui incentivada por uma amiga a fazer o técnico, estudei e aprendi a gostar da enfermagem, amo o que faço e atuo na assistência por amor, faço parte do núcleo CCIH da instituição de saúde em que atuo mas auxilio em outros setores sempre que necessário, gosto de tudo bem organizado para exercer minha profissão da melhor forma”

 




  • banner_anaiss1-e1349203955613-207x115