23/05/2020

Coren-AM, Ministério da Saúde, MPF, MPT, CRF, SEMSA, CREMAM, DVISA Manaus e DENASUS realizaram ação conjunta de fiscalização nos principais hospitais da capital

Atendendo a demanda do Ministério Público Federal (MPF) o Conselho Regional de Enfermagem do Amazonas participou, durante os dias 19, 20 e 21 d ...
Atendendo a demanda do Ministério Público Federal (MPF) o Conselho Regional de Enfermagem do Amazonas participou, durante os dias 19, 20 e 21 de maio, de uma ação conjunta de fiscalização às instituições de saúde da capital. A ação contou com a participação de vários órgãos fiscalizadores.

As instituições de saúde visitadas foram: Hospital de Campanha Covid-19 Nilton Lins, Hospital Delphina Rinaldi Abdel Aziz, Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lúcio Pereira Machado e Hospital e Pronto Socorro Dr. Aristóteles Platão Bezerra de Araújo. Participaram da ação o presidente da autarquia, enfermeiro Sandro André, os conselheiros Hítalo Paiva e Sandra Alex, e a equipe de fiscalização sendo representada pelas enfermeiras Gean Farias e Sabrina Miranda.

O Ministério Público Federal através do Departamento de Auditoria do Ministério da Saúde entrou em contato com órgãos fiscalizadores solicitando a colaboração para averiguar denúncias que surgiram na mídia por conta da precariedade do serviço de saúde do Amazonas, além da sobrecarga de trabalho, da falta de EPI’s adequados para os profissionais que atuam na linha de frente no combate à Covid-19 e do remanejamento ou afastamento de pessoas que compõem o grupo de risco.

No primeiro momento, foi realizado uma reunião com a diretoria das instituições para coletar dados a respeito de questões administrativas, protocolo e instrumentos de treinamento. Depois, as equipes foram in loco nos setores para averiguar as situações que a direção informou. O relatório a respeito da visita está em construção e será encaminhado ao Ministério Público do Trabalho para que o órgão possa dar continuidade aos procedimentos.

A enfermeira Gean Farias, que participou da fiscalização, informou os procedimentos adotados pela autarquia. ‘‘Durante a visita, cada conselho era responsável por levantar informações e conhecer a realidade das instituições. Ajudamos o Ministério Público do Trabalho, mas também levantamos questões relativas à nossa atividade. Em breve, também receberemos uma cópia do relatório, quando as informações de todos os órgãos forem consolidadas’’, explicou a enfermeira fiscal, Gean.

Para o presidente Sandro, o trabalho em conjunto é importante, assim como para a população que recebe a assistência. “Essa parceria entre Coren-AM, órgãos de saúde e população, trará grandes benéficos para todos. O Coren-AM estará sempre de portas abertas para atender essas demandas, pois contribuem para a sociedade amazonense receber assistência segura e de qualidade”, concluiu Sandro André.


Fonte: Ascom\Coren-AM



  • BannerLateralEdimensionamento-207x117
  • banner_anaiss1-e1349203955613-207x115