27/03/2018

Coren-AM promove capacitação aos profissionais de Enfermagem

Conhecer os parâmetros mínimos para dimensionar o quantitativo de profissionais

Conhecer os parâmetros mínimos para dimensionar o quantitativo de profissionais das diversas categorias de Enfermagem, capacitar os gestores das unidades, planejamento, programação e priorização das ações de saúde a serem desenvolvidas, são alguns dos aspectos explanados durante o curso “Aperfeiçoamento em Dimensionamento” ofertado pelo Coren-AM aos Responsáveis Técnicos das Unidades de Saúde do Estado.

As atividades iniciaram na manhã de hoje, 27 e se estenderão até amanhã, 28, no Auditório do Coren-AM, localizado na Avenida André Araújo, 619, Aleixo, com a coordenadora da Câmara Técnica de Legislação e Normas (CTLN/Cofen), Cleide Mazuela.

Para o presidente, Sandro André Pinto, “o curso visa atender as exigências da assistência. Seu objetivo é prever a quantidade de profissionais por categoria, e leva em consideração a condição clínica do paciente. Quando realizado de maneira ideal, contribui para a assistência segura e de qualidade. A ministração do curso mostrará a cada profissional “o norte” para que se vá em busca de melhorias para a profissão”, concluiu.

Durante a manhã, os pontos mais debatidos foram a Lei do Exercício Profissional, atividades privativas do enfermeiro, participação do profissional nas avaliações do serviço de saúde, prescrições, entre outros.  A professora Cleide Mazuela ensinou os cálculos de dimensionamento profissional para se chegar às atividades da assistência de enfermagem por paciente nas 24h, classificados da seguinte forma: cuidado mínimo, cuidado intermediário, cuidado de alta dependência, cuidado semi-intensivo e cuidado intensivo.

O curso também visa mostrar as principais mudanças da antiga resolução para a atual, 543/2017 que possui muitas fórmulas, cálculos, mas precisa ser desmistificado. “Esse curso é fundamental para os RT’s por que é papel fundamental e privativo dele o dimensionamento de pessoal, por isso essa resolução precisa ser desmistificada para que o paciente seja assistido com qualidade”, completou a professora Cleide Mazuela.

Uma das profissionais presentes, Romana Amaral, professora na Escola de Enfermagem atribui ao curso a importância da atualização, visando a formação dos novos profissionais que logo chegarão ao mercado de trabalho. “Essa atualização é essencial por que nós estamos formando os futuros profissionais que vão estar lá na ponta, na assistência, exatamente elaborando as escalas de serviço e precisando fazer a classificação. Dentro das diferentes Unidades de Serviços do Amazonas, percebemos uma dificuldade dos profissionais enfermeiros em realizar o cálculo e do técnico de enfermagem em aceitar a escala que lhe é conferida pela falta de compreensão de como esse resultado foi alcançado pelo cálculo de dimensionamento”, afirmou.

“O Conselho tem recebido inúmeras solicitações de capacitação sobre o tema. Para melhor atender as necessidades da Enfermagem amazonense estamos realizando esse curso nos dias 27 e 28 de março, você é o nosso convidado”, conclui o presidente.

FONTE: Ascom/Coren-AM




  • banner_anaiss1-e1349203955613-207x115