20/09/2019

Coren-AM realiza 43 fiscalizações nas unidades de saúde na capital

O Conselho Regional de Enfermagem do Amazonas (COREN-AM), realizou nos últimos 3 meses deste ano, 43 fiscalizações em unidades de saúde d ...

O Conselho Regional de Enfermagem do Amazonas (COREN-AM), realizou nos últimos 3 meses deste ano, 43 fiscalizações em unidades de saúde de Manaus. Entre as unidades fiscalizadas estão às maternidades Balbina Mestrinho e Moura Tapajós, os hospitais Getúlio Vargas, Santa Julia, Dr. Fajardo, 28 de Agosto, Platão Araújo, João Lucio e Francisca Mendes, assim como as Fundações Dr. Thomas e Medicina Tropical e demais UBS.

O objetivo das fiscalizações é assegurar que os profissionais e a população sejam atendidos da melhor forma possível, dentro da Lei nº 5.905, de 12 de julho de 1973, e pelo Regimento Interno da Autarquia, aprovado pela Resolução Cofen nº 421/2012.

As principais irregularidades identificadas pelo Conselho foram sobrecarga de trabalho, dimensionamento de pessoal, ausência de responsáveis técnicos (RT’s), sala de conforto, precariedade nos serviços, estrutura e no armazenamento de equipamentos, inexistência de documentos de gerenciamento do processo de enfermagem, inadequações dos registros de Enfermagem, ausência de POP´S (procedimento operacional padrão) e profissionais que não executam o processo de Enfermagem (SAE), as unidades notificadas têm um prazo de imediato a 180 dias, dependendo da irregularidade ou ilegalidades identificada.

Após o prazo, a equipe de fiscalização realiza uma visita de retorno para averiguação, comprovado que nada foi solucionado, o profissional tem até 3 (três) dias para se manifestar, caso contrario, será feito um Alto de Infração onde o mesmo responderá eticamente e encaminhado para o Departamento Jurídico para providências cabíveis

O Departamento de Fiscalização é apto para fiscalizar o exercício profissional da enfermagem em todas as instituições de saúde e em todos os locais onde haja o exercício da enfermagem. Entre as funções do departamento está em noticiar amplamente as normas do Código de Ética dos Profissionais da Enfermagem; fiscalizar a observância à Lei do exercício profissional e seu Decreto Regulamentador, bem como as Resoluções e Decisões do Conselho Federal de Enfermagem e os atos do Coren-AM que normatizam as atividades de enfermagem estabelecendo um contato direto com os profissionais.




  • BannerLateralEdimensionamento-207x117
  • banner_anaiss1-e1349203955613-207x115