01/08/2018

II Encontro de Responsáveis Técnicos

O II Encontro de Responsáveis Técnicos de Enfermagem do Amazonas

O II Encontro de Responsáveis Técnicos de Enfermagem do Amazonas reuniu um público de 200 pessoas no auditório da Universidade Paulista – Unip nesta terça-feira, 31, para capacitação, atualização e discussão de novos conceitos na área da enfermagem visando uma maior contribuição para enfermeiros que desempenham atividades voltadas à gerência de equipes. Atualmente o Estado conta com pouco mais de 300 RT’s distribuídos entre as instituições e cadastrados no Coren-AM.

Durante a abertura o presidente do Conselho, Sandro André agradeceu a cada gestor, supervisor, coordenador de instituições públicas e privadas e disse “eu acredito que se esse grupo de responsável técnico se comportar da maneira que um RT deve se comportar, nós sacudiremos a enfermagem amazonense e seremos referência”.

Sandro André contou sua experiência como Responsável Técnico e encorajou os que estavam presentes, “se você tem planos ousados não desista, você chegará lá”.

Entre os temas abordados estiveram “O novo código de ética do exercício profissional”, explanado pelo corregedor Charles Oliveira que identificou as principais mudanças aprovadas pela resolução 564/2017. Outro assunto importante teve como tema “A importância e o papel do RT”, a fiscal Juliana Pereira esclareceu dúvidas sobre documentos de responsabilidade técnica como regimento interno, manual de normas e rotinas, e o trabalho a ser desenvolvido pelo RT.

A enfermeira Helen Bezerra que trabalha na Organização da Procura de Órgãos do Estado do Amazonas avaliou o evento de forma positiva, para ela “o momento é importante, pois visa a atualização profissional das competências técnicas, reponsabilidades legais e incentiva a liderança da equipe no dia a dia”, disse.

O evento finalizou com a palestra “o papel do enfermeiro líder – liderança positiva”, em que o enfermeiro emergencista Erasmo Vieira enfatizou a importância do enfermeiro como líder da equipe, motivador, que busca resultados positivos não só para a empresa, mas para o grupo de trabalho.

Segundo Erasmo “liderança positiva é aquela que faz o comprometimento, eu sou muito mais daquilo que eu posso parecer ser, isso pra responsabilidade técnica tem um impacto maior porque trabalha na parte administrativa, não diretamente com o paciente, mas, com os cuidadores”, completou.

Sandro André parabenizou a equipe que esteve trabalhando para o evento e manifestou sua alegria pelo sucesso do II encontro com Responsáveis Técnicos. “Foi excelente, um momento para conversar, passar informações, atualizar os responsáveis técnicos que saíram daqui com a mente renovada sabendo quais as suas responsabilidades, área de atuação, enfim, estamos juntos para fazer uma enfermagem melhor”.

FONTE: Ascom/Coren-AM




  • BannerLateralEdimensionamento-207x117
  • banner_anaiss1-e1349203955613-207x115