27/09/2019

 Precariedade na saúde e atrasos salariais foram pautas na reunião entre Coren-AM e Ministério Público

 Na última quinta-feira (26/09), o Presidente do Coren-AM, Sandro André e a Promotora de Justiça, Silvana Nobre, trataram sobre assuntos d ...

Na última quinta-feira (26/09), o Presidente do Coren-AM, Sandro André e a Promotora de Justiça, Silvana Nobre, trataram sobre assuntos de interesse da Enfermagem e Saúde da população amazonense. Dentre os pontos da reunião, foram discutidos a situação crônica de falta de perspectiva e atrasos de pagamentos dos funcionários terceirizados, o dimensionamento de pessoal, a sobrecarga de trabalho e a precariedade dos serviços nos hospitais.

Na oportunidade, a promotora recebeu convite para participar e colaborar com o grupo de trabalho criado no âmbito do Coren-AM, que visa estabelecer um aperfeiçoamento na legislação e nos critérios de concessão dos registros de enfermagem as empresas.

ENTENDA O CASO

O Presidente do Coren-AM, Sandro André, baixou uma portaria designando uma equipe de trabalho para normatizar no âmbito do Estado do Amazonas, instrumento regulatório disciplinando os critérios para concessão e cassação de registros de enfermagem as empresas que violam prerrogativas dos seus profissionais.

O grupo de trabalho pretende ouvir e receber sugestões dos membros do MP-AM, MPF e CGU e tem o prazo de 90 (noventa) dias para formular estudo técnico e apresentar ao Plenário da Coren-AM.


Fonte: Ascom/Coren-AM



  • BannerLateralEdimensionamento-207x117
  • banner_anaiss1-e1349203955613-207x115