18/05/2018

Profissionais de enfermagem são homenageados na Assembleia Legislativa do Amazonas

Nesta quarta-feira, 17, o presidente do Conselho Regional de Enfermagem

Nesta quarta-feira, 17, o presidente do Conselho Regional de Enfermagem do Amazonas, Sandro André Pinto participou da solenidade em alusão ao Dia do Enfermeiro, no Plenário Ruy Araújo na Assembleia Legislativa do Amazonas – ALEAM.

A iniciativa de autoria do deputado José Ricardo Lula (PT) e apoio dos deputados Sinésio Campos (PT) e Luiz Castro (Rede) teve não só a proposta de homenagear os profissionais de enfermagem, mas enfatizar a importância da categoria que está inserida em meio a um sistema precário e tem como consequências a falta de investimentos e melhorias o que ocasiona uma desmotivação aos profissionais.

A sessão contou com a presença do presidente da Associação Brasileira de Enfermagem (Abem), Esron Rocha; o presidente do Sindicato dos Profissionais Enfermeiros Servidores Públicos no Estado Amazonas, enfermeiro Douglas Fabian de Oliveira Porto; o coordenador do curso de Enfermagem da Nilton Lins, Tezeu Bomfim Machado e outros, além da participação de acadêmicos, professores e profissionais de enfermagem.

O momento é de celebração e homenagens pelas datas comemorativas 12 de maio, dia do enfermeiro e 20 de maio, dia do técnico e auxiliar de enfermagem.

Porém a classe ainda tem muitas outras lutas como melhores condições de trabalho, salários baixos e atrasados, adoecimento de profissionais, desvalorização, jornadas exaustivas de trabalho, entre outros. Sandro André cobrou respostas do Estado, “O Estado precisa cumprir com seu papel, por outro lado a enfermagem precisa tomar um posicionamento, nós somos mais de 42 mil profissionais e não devemos aceitar ser manipulados. Precisamos escrever nossa história e construir o futuro e o presente com nossas próprias mãos”.

Ao discursarem, os deputados Luiz Castro e José Ricardo Lula defenderam a categoria destacando que sem esses profissionais não há alta complexidade na atenção básica e o número de profissionais precisa ser ampliado tendo em vista que eles passam mais tempo com os pacientes.

Alguns profissionais de enfermagem foram homenageados durante a sessão, dentre eles: Beatriz Pause, hospital de Uarini; Graciana Lopes, professora do curso de enfermagem da Ufam; Luciana Koba, líder do Movimento Organizado dos Trabalhadores em Saúde; Marília Muniz, da Fundação Cecon; Cláudia Cristina, do Pronto socorro da Criança; Maria das Graças Borges, da Fundação Cecon; Glenda Santos Moura, da Maternidade Ana Braga; Maria Alex Sandra Leocárdio, coordenadora de Residência do Hospital Universitário Getúlio Vargas; dentre outras.

FONTE: Ascom/Coren-AM




  • BannerLateralEdimensionamento-207x117
  • banner_anaiss1-e1349203955613-207x115